Participe de nossas redes sociais:
siga o EncontraES no Facebook
siga o EncontraES no twitter
participe da página EncontraES no Google+


No Espírito Santo encontra-se o Pico da Bandeira, o terceiro ponto mais alto do Brasil. Pode-se encontrar aqui muitos museus e monumentos conservados, e é estado natal de grandes nomes como Roberto Carlos, o rei da música romântica, e Nara Leão, cantora considerada a musa da Bossa Nova.





Vitória - Espírito Santo

Sobre o estado do Espírito Santo (ES)

Espírito Santo é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está localizado na região Sudeste e tem como limites o oceano Atlântico a leste, a Bahia a norte, Minas Gerais a oeste e noroeste e o estado do Rio de Janeiro a sul, ocupando uma área de 46.077,519 km².

Sua capital é o município de Vitória. Outros importantes municípios são Aracruz, Cariacica, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Guarapari, Linhares, São Mateus, Serra, Viana e Vila Velha. O gentílico do estado é capixaba ou espírito-santense.

Atualmente, a capital Vitória é um importante porto de exportação de minério de ferro. Na agricultura, destaque para o café, arroz, cacau, cana-de-açúcar, feijão, frutas e milho. Na pecuária, gado de corte e leiteiro. Na indústria, produtos alimentícios, madeira, celulose, têxteis, móveis e siderurgia.
O estado também possui festas famosas, como o Vital (carnaval fora de época, em novembro), a Festa da Polenta em Venda Nova do Imigrante e o Festival de Arte e Música de Alegre.

Etimologia

Data de junho de 1534 a concessão das cinquenta léguas de costa entre os rios Mucuri e Itapemirim, feita por Dom João III ao veterano das Índias, Vasco Fernandes Coutinho, que, ao desembarcar em terras da capitania, a 23 de maio de 1535, domingo do Espírito Santo, dá início a fundação de uma vila, por ele denominada Vila do Espírito Santo (hoje cidade de Vila Velha), em lembrança do dia. O nome, ainda em 1535, passa da vila à capitania, designando posteriormente a província (1822) e o estado (1889).

Capixaba (ou espírito-santense) é o gentílico referente ao Estado do Espírito Santo. O termo deriva das roças de milho localizadas na ilha de Vitória, que pertenciam aos índios que originalmente habitavam a região quando da chegada dos portugueses. Tudo leva a crer que a referida assertiva intelectual ajuda a evitar a confusão do nome da unidade federativa brasileira com o nome da terceira pessoa da Santíssima Trindade.

História

Inicialmente, a região era habitada por diversas tribos indígenas, todas pertencentes ao tronco Tupi; as tribos do interior eram chamadas de Botocudos, sendo-lhes atribuído comportamento hostil e belicoso, além da prática de antropofagia. No litoral, as tribos também eram hostis, porém de hábitos um pouco diferentes.

Na região Sul do actual estado e na região da serra do Caparaó, as tribos não eram hostis, e o seu nome deriva de seu hábito de levar os visitantes para "ouvir o silêncio" da Serra do Castelo. As demais tribos eram os aimorés e os goitacás.

Geografia

O Estado do Espírito Santo ocupa uma área de 46.184,1 km² no litoral do Brasil, localiza-se a oeste do Meridiano de Greenwich e a sul da Linha do Equador e com fuso horário de menos três horas em relação à hora mundial GMT. No Brasil, o estado faz parte da região Sudeste, fazendo divisa com os estados de Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro. É banhado pelo oceano Atlântico.

Relevo

Pico da Bandeira no Espírito Santo
Pico da Bandeira, ponto Culminante do estado, com 2.891,8 m de altitude e o 3° maior pico do Brasil.

A maior parte do estado caracteriza-se como um planalto, parte do maciço Atlântico. A altitude média é de 600 a 700m, com topografia bastante acidentada e terrenos arqueozóicos, onde são comuns os picos isolados, denominados pontões e os pães-de-açúcar. Na região fronteiriça com Minas Gerais, transforma-se em área serrana, com altitudes superiores a mil metros, na região onde se eleva a serra do Caparaó, ou da Chibata. Aí se ergue um dos pontos culminantes do Brasil, o pico da Bandeira, com 2.890m.

De forma mais esquemática, pode-se compor um quadro morfológico do relevo em cinco unidades:

  • a baixada litorânea, formada por extensos areais, praias e restingas;
  • os tabuleiros areníticos, faixa de terras planas com cerca de cinqüenta metros de altura, que se ergue ao longo da baixada e a domina com uma escarpa abrupta, voltada para leste;
  • os morros e maciços isolados, que despontam no litoral e, em alguns locais, dão origem a costas rochosas, cujas reentrâncias formam portos naturais, como a baía de Vitória;
  • as planícies aluviais (várzeas), ao longo dos rios, que às vezes terminam em formações deltaicas, de que é exemplo a embocadura do rio Doce;
  • a serra, rebordo oriental do Planalto Brasileiro, com uma altura geral de 700m, coroada aqui e ali por maciços montanhosos, entre os quais a referida serra do Caparaó.

Clima

Ocorrem no Espírito Santo dois tipos principais de climas, o tropical chuvoso e o mesotérmico úmido.

Litoral

O litoral capixaba é rochoso ao sul, com falésias de arenito, e também na parte central, com grandes morros e afloramentos graníticos a beira mar, o litoral sul-central é muito recortado com muitas enseadas e baias protegidas por rochas e afloramentos rochosos a beira mar, é arenoso ao norte, com praias cobertas por uma vegetação rasteira e extensas dunas, principalmente em Itaúnas e Conceição da Barra. A 1.140 quilômetros da costa, em pleno Oceano Atlântico, encontram-se a Ilha da Trindade (12,5 km²) e as Ilhas de Martim Vaz, situadas a 30 quilômetros de Trindade. Essas ilhas estão sob a administração do Espírito Santo.

Ecologia

No Espírito Santo, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) administra dezessete unidades de conservação: dois parques nacionais, seis reservas biológicas, três reservas particulares do patrimônio natural, duas áreas de proteção ambiental, uma estação ecológica e três florestas nacionais.

Demografia

Evolução demográfica

Evolução demográfica do Espírito Santo

Religião

Catedral Metropolitana de Vitória no Espírito Santo
Catedral Metropolitana de Vitória.

O censo demográfico realizado em 2000, pelo IBGE, apontou a seguinte composição religiosa no Espírito Santo:

  • 63,1% dos capixabas (1.953.386) declaram-se católicos;
  • 25,0% (773.129) declaram-se protestantes;
  • 9,6% (297.594) declaram-se sem religião, podendo ser agnósticos, ateus ou deístas;
  • 1,3% (4.416) declaram-se como sendo de outras religiões, inclusive umbandistas, budistas e judeus;
  • 0,9% (22.457) declaram-se espíritas;
  • A Igreja Católica divide-se administrativamente em uma arquidiocese, a Arquidiocese de Vitória, e três dioceses: Diocese de São Mateus, Diocese de Colatina e Diocese de Cachoeiro do Itapemirim.

Etnias

O último censo do IBGE revelou os seguintes números: 1.961.318 Pardos (53,7%), 1.638.236 Brancos (48,8%), 280.000 Negros (7,5%), 13.000 Asiáticos ou Índios (0,4%).

Economia

O Setor primário tem como produto agrícola tradicional o café, cultura que orientou a ocupação de praticamente todo o território capixaba. Seguem-se a ele, em ordem de importância, as culturas de milho, banana, mandioca, feijão, arroz e cacau.

Referente ao Setor secundário, nos centros urbanos da capital e de Cachoeiro de Itapemirim concentram-se praticamente todas as principais unidades da indústria de transformação capixaba. Na grande Vitória localizam-se as indústrias siderúrgicas: Companhia Ferro e Aço de Vitória, usina de pelotização de minério de ferro da Companhia Vale do Rio Doce; madeireira, têxtil, de louças, de café solúvel, de chocolates e frigorífica. No vale do rio Itapemirim, desenvolvem-se indústrias de cimento, de açúcar e álcool e de conservas de frutas.

O setor terciário é pouco desenvolvido em todo o Estado. No entanto, a atividade comercial adquire certa importância com as exportações de minério de ferro proveniente de Minas Gerais, através da Estrada de Ferro Vitória-Minas e é embarcado nos portos de Atalaia e ponta do Tubarão.

Infraestrutura

Educação

O Estado dispunha em 2008 de uma rede de de 2.733 escolas de ensino fundamental, das quais 482 estaduais, 1.986 municipais, 1.157 particulares e 6 federais. O corpo docente era constituído de 29.282 professores, sendo que 6.777 trabalhavam nas escolas públicas estaduais, 18.146 nas escolas públicas municipais e 4.359 nas escolas particulares. Estudavam nestas escolas 553.396 alunos, dos quais 491.342 nas escolas públicas e 62.054 nas escolas particulares. O ensino médio foi ministrado em 438 estabelecimentos, com a matrícula de 139.984 alunos. Dos 139.984 discentes, 119.478 estavam nas escolas públicas e 20.506 nas particulares. Quanto ao ensino superior, em 2008, o estado possuía 91 estabelecimentos, com 6.490 professores e 89.610 discentes.

Cultura

Entidades culturais

As principais entidades culturais do estado encontram-se na capital: a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), o Instituto Histórico e Geográfico, a Associação Espírito-Santense de Imprensa, a Academia Espírito-Santense de Letras, a Associação Espírito-Santense de Juristas, a Arcádia Espírito-Santense, a Associação Médica do Espírito Santo, a Academia Feminina de Letras, o Instituto dos Advogados, o Centro Capixaba de Folclore e o Instituto Espírito-Santense de História, Geografia e Arte Religiosa. Em Cachoeiro de Itapemirim há a Academia Cachoeirense de Letras

Museus

Teatro Carlos Gomes, no bairro da Cidade Velha no Espírito Santo
Teatro Carlos Gomes, no bairro da Cidade Velha.

Na capital, o museu mais relevante é o de Arte e História, antigo Museu Histórico, desde 1966 vinculado à Universidade Federal do Espírito Santo.

Monumentos


Convento da Penha no Espírito Santo
Convento da Penha

No Estado do Espírito Santo são tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional os seguintes monumentos: a igreja de Nossa Senhora da Assunção (1587) e residência contígua, em Anchieta, onde morou o clérigo José de Anchieta; a igreja de Nossa Senhora da Ajuda, em Viana; a igreja dos Reis Magos (1558) e residência contígua, em Nova Almeida, município da Serra.

Capixabas ilustres

Entre os principais capixabas ilustres podemos destacar Roberto Carlos, cachoeirense considerado o rei da música romântica, Stênio Garcia, mimosense, ator da Rede Globo, Nara Leão, vitoriense, cantora considerada a musa da Bossa Nova, dentre vários outros de menor expressão.

 

Índice

Guias no Espírito Santo

Outros Estados

Dados

Lema Trabalha e Confia
Gentílico capixaba ou espírito-santense

Bandeira do Espírito Santo
(Bandeira)

Brasão do Espírito Santo
(Brasão)

Localização

Região Sudeste
Estados limítrofes: Bahia (a nordeste), Minas Gerais (a oeste) e Rio de Janeiro (sul)
Mesorregiões: 4
Microrregiões: 13
Municípios: 78

Capital

Vitória

Governo (2011 a 2014)

Governador Renato Casagrande (PSB)
Vice-Governador Givaldo Vieira (PT)
Deputados Federais: 10
Deputados Estaduais: 30
Senadores:Magno Malta (PR), Gérson Camata (PMDB), Ana Rita (PT)

Indicadores (2008)

Esper. de vida 70,4 anos (8º)
Mort. Infantil 18,3‰ nasc. (7º)
Analfabetismo 8,8% (10º)
IDH 0,802 (7º) - elevado - 2005

Características geográficas

Área 46 077,519 km² (23º)
População
3 512 672 hab. (14º) (2010)
Densidade
75,7 hab./km² (7º)
Altitude
média de 600 a 700m
Clima
tropical de altitude, Tropical (Cwa, Cwb, Aw)
Fuso horário UTC-3

Economia (2007)

PIB R$60.340.000 (11º)
PIB per capita R$18.003 (4º)

Site do governo

www.es.gov.br